O Inimigo

Abra os olhos. Veja só… Toneladas de carnes necrosadas no chão. São tuas. Manchas de selinidade nos pés, nas pernas e nas mãos. A anistia do inimigo. São vários, são tantos, brancos… Uma tecitura de mudanças no ardil do patrão. A almágama de cores vibrantes e quentes não são para você. Precisaram de ti, agora não mais. Sim, é frágil. A noite não afaga as chagas do dia. Ele, novamente ele… o inimigo. A ajuda é mera intenção. O inimigo vence.

2 Respostas to “O Inimigo”

  1. sandrarosamadalena Says:

    Quem ou o que é o inimigo? Com quem se parece? Por onde anda e como se veste? Talvez a forma mais gentil e de rosto mais bonito… nunca se sabe

  2. Camila Says:

    Gosto dos seus textos mais alegres.
    A gente vence o inimigo.. afinal, o bem sempre vence o mal.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: