A casa

A casa é velha. Velha e grande. Cheia de memórias, rancores e promessas. Tem planta intricada, difícil… Corredores não tem, é um cômodo atrás do outro. Acho que é para o patriarca poder vigiar as crias.

O silêncio não é compartilhado. Um estalo mínimo nas alcovas e tem reverberação nos outros cômodos. Não existe vestíbulo:  a sala é televisão e macarronada no mesmo lugar. Os cães habitam no quintal. Seus latidos invadem os cômodos. A casa não recebe visitas.

3 Respostas to “A casa”

  1. Egon Says:

    Maravilhoso! Me encheu os olhos, demais, e nem preciso comentar mais nada. Sem puxação de saco: Issao, seu japonês, lindas palavras!

  2. k. Says:

    A casa é tão grande que acho que perdi você lá dentro, baby!

    Cadê você?!

    Beijos

  3. Camila Says:

    que bela descrição!
    pude visualizar o que pretendeu dizer!
    beijos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: